sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Respondendo as perguntas dos leitores sobre meu livro.




Se gostou do vídeo dá joinha, e inscreva-se no canal.
Meu livro está disponível na Loja Virtual: Visões Poéticas

E se quiserem ganhar marcadores é só enviar um e-mail dizendo quero marcadores para josielma_ramos@yahoo.com.br

Cacau declamando o poema Saudades no lançamento do meu livro.

No dia 27 do mês passado foi o lançamento do meu livro "Visões Poéticas", e posso dizer que o meu poema favorito é o primeiro do livro, onde falo da terra que nasci, no poema Saudades, para minha surpresa no dia do lançamento Cacau um ator Parnaíbano junto com seus filhos declamou meu poema, o que emocionou minha família que estava presente e fez minha irmã e minha mãe chorarem (eu também chorei, mais ó é segredo, rsrs) minha irmã mais nova gravou esse momento tão lindo e aqui vou deixar um pedacinho do que aconteceu no evento de lançamento para vocês.
Link do poema>>>Saudades





quinta-feira, 16 de outubro de 2014

A gente voltou...

Como já dizia Clarice Falcão,

"Mas e se a gente separa
Se a gente para e se parará
Para que se a gente para
O mundo acabou..."


Olá pessoal, 
Nós voltamos e estamos de cara nova, sei que o blog e a página ficaram meio paradas esse ano, mas acreditem estamos numa correria em nossas vidas pessoais que não nos deixam tempo para quase nada, mas prometo muitas novidades vindo por ai, então fiquem de olho na Bookcase repaginada e não deixem de curtir nossa página.

Beijos
Equipe Bookcase!

terça-feira, 8 de julho de 2014

Falando sobre livros!

Poie é galera, finalmente tomei vergonha na cara, ou melhor perdi a vergonha de fazer vídeos e criei um canal no youtube, já tem alguns vídeos rolando por lá, e esse é um deles, ainda está um pouco amador, mas juro que vou aprender mexer com edição e comprar uma filmadora melhor, ainda estou gravando tudo pelo notebook, mas tenho que começar de alguma maneira não é mesmo? então espero que gostem do vídeo e se gostarem, inscrevam-se no meu canal, até o próximo vídeo!!!


domingo, 29 de junho de 2014

Martírio.

"Tinha que ser tão complicado? Infelizmente sim." Ele pensa... Se levanta, e chora. Essa não é a solução e sabe disso, sabe que não há solução. Deve seguir em frente, aguardar que o tempo repare o que se feriu... Mas é complicado, nessas horas, parece que o tempo não passa. Sofre calado, é isso o que ele faz.


                                                                                                                    (Marco Aurélio dos Santos)